Sobre Leme

Cidade de Leme

Leme é uma cidade brasileira do estado de São Paulo. Localiza-se à latitude 22º11'08" sul e à longitude 47º23'25" oeste, estando a 619 metros acima do nível do mar.

História

No dia 1º de maio de 1875 a Companhia Paulista e o Governo da Província começaram a construção de um ramal que, partindo de Cordeiros (hoje Cordeirópolis) e passando por Araras e Pirassununga, chegasse até o Rio Mogi Guaçu (Porto Ferreira). Essa construção começou a 18 de fevereiro de 1876. No dia 10 de abril de 1877 franqueava-se a primeira secção, de Cordeiros a Araras, e no dia 30 de setembro do mesmo ano era inaugurada a Estação de Manuel Leme.

Antes que a estrada de ferro chegasse na Fazenda Palmeiras (pertencente à família LEME), o português de nome Manoel Gomes Neto, fornecedor de trabalhadores da referida estrada, construiu um pequeno rancho nas terras de Manuel Leme, onde montou um pequeno comércio. Foi neste núcleo que começou a aglomeração de outras pessoas, movidas pela chegada da estrada de ferro.

Em vista do desenvolvimento sempre crescente do novo núcleo, diversas pessoas tiveram a iniciativa de fundar uma capela, cujo o nome homenageou o cidadão Manuel Leme.

No dia 26 de dezembro de 1889, logo após o advento do regime republicano, um ato do Governador do Estado, Prudente de Morais, criava o Distrito Policial da Estação de Leme, na cidade de Pirassununga.

Um ano depois, pelo Decreto n.º 124, de 20 de janeiro de 1891, do Governador do Estado, Jorge Tibiriçá, era criado o Distrito de Paz da Estação Leme, com as mesmas divisas do Distrito Policial.

Assim, Leme foi crescendo e se desenvolvendo até que contando com mais ou menos 800 habitantes, iniciou-se a campanha para a sua elevação a cidade, alcançada no dia 29 de agosto de 1895, pela Lei Estadual n.º 358.

Economia

A economia da Cidade de Leme está baseada na agricultura e na indústria. No setor agrícola, predominam as culturas da cana-de-açúcar, do algodão, da laranja, e do café. Já o setor industrial é bem mais variado, com produções nas áreas de alimentos, máquinas, enfeites natalinos, cerâmica, plásticos, telhas (material de construção), fibrocimento, etc.

O setor bancário também é muito forte. Segundo dados do Banco Central do Brasil, Leme possui 10 agências bancárias que, juntas, movimentam cerca de 150.000.000 Reais em operações de crédito (Cf. Banco Central do Brasil, Registros Administrativos 2007).

Educação

O município de Leme oferece educação de qualidade em todos os níveis.

No ensino fundamental e médio, destacam-se as escolas: Colégio Objetivo de Leme, Mariuzine, Liceu, COC, Glorian Dei, Sesi e Escola Técnica Deputado Salim Sedeh.

Na educação superior, Leme conta com o Centro Universitário Anhanguera.
Com fins educacionais e científicos, Ruy de Souza Queiroz mantém um horto em sua fazenda (Fazenda Cresciumal) iniciado em 1999, onde preserva centenas de espécies de plantas do Brasil, algumas raras e ameaçadas de extinção.

Um dos acessos à cidade é a Rodovia Anhanguera.

Para homenagear a comunidade de moradores desta maravilhosa cidade, o Encontra São Paulo criou o Encontra Leme.

Fonte: Prefeitura Leme - SP / Wikipedia

Blog do Guia da Cidade Leme

Receba notícias por e-mail
Cadastre-se e receba notícias de Leme por email
 

Cidades de SP: Limites - Cidades Vizinhas

Pirassununga, Santa Cruz da Conceição, Corumbataí, Rio Claro, Araras, Mogi-Guaçu e Aguaí.

Dados Principais sobre a Cidade de Leme

Aniversário: 29 de Agosto
Fundação :
1895
Gentílico:
Lemense
Área:
403,077 Km²
População
99.388 hab. (2015)
IDH 0,796 - elevado
Prefeitura Leme

Brasão de Leme
Brasão de Leme

Bandeira de Leme
Bandeira de Leme

Vídeo sobre a cidade de Leme
Veja mais vídeos sobre a Cidade de Leme

Mapa Leme

 

Moradores ilustres de Leme

 

   
  Sobre o EncontraLeme
Fale com EncontraLeme
ANUNCIE: Com Destaque | Anuncie Grátis

siga o Encontra Leme no Facebook siga o Encontra Leme no Twitter Encontra Leme no Google+

Termos EncontraLeme | Privacidade EncontraLeme